Realizar o debug do seu código no WordPress pode se tornar uma tarefa bem amigável de ser feita e analisada. Por default o sistema traz consigo algumas definições de debug que permitem a você escolher se deseja ou não exibir os erros do WordPress.

No entanto, dado a extensa estrutura de arquivos do CMS e também o flexível fluxo da informações entre a API de Plugins, algumas vezes é necessário muito mais que uma simples exibição de erros para te auxiliar no desenvolvimento de seu trabalho. Para auxiliar nessa tarefa, conheça alguns plugins muito úteis para você que desenvolve ou atua diretamente na personalização e programação de seus próprios Temas e Plugins.

Debug bar

Uma excelente forma de você saber o que está acontecendo em seu WordPress a cada tela requisitada. Com o plugin Debug bar ativo, surgirá um novo link “Debug” na Admin Bar (barra de administração, no topo da tela) do WordPress.

Debug bar WordPress

Clicando sobre esse item será apresentado a você informações referente a URL que está aberta, como por exemplo quais foram as queries SQL executadas e os valores globais da requisição processados pelo WordPress.

Esse plugin é muito útil para viabilizar otimizações em seu código. Através dele fica mais fácil evidenciar eventuais “gargalos” de processamento como o uso de queries lentas ou desnecessárias. Você também encontra informações sobre qual definição de link permanente foi utilizada para atender a URL solicitada e ainda informações sobre o objeto de cache do WordPress.

WordPress Log Viewer

Uma vez que o debug do WordPress é acionado e você opta por manter um log desses erros, um arquivo (normalmente error_log) é gerado para esse fim. Nesse arquivo cada linha de informação representa um registro de erro; logo quando você se depara com muitos erros, analisar esse arquivo pode não ser uma tarefa das mais fáceis.

WP Log Viewer

Usando o plugin WP Log Viewer, você ganha no WordPress uma interface amigável para controle desse arquivo de log. Ele faz a separação entre os tipos de erros encontrados, permite realizar uma busca dentro desse log e também reordenar as entradas de erro do arquivo.

Outras funções interessantes são as ações do plugin, que permitem a você atualizar os resultados (para saber se algum novo erro foi disparado desde a abertura da tela do plugin), limpar o log de resultados e também fazer download do mesmo.

Query Monitor

O plugin Query Monitor além de informar a você quais as consultas executadas, traz todo o fluxo da informação, funções disparadas e recursos acionados para o endereço requisitado. O plugin ativa na Admin Bar um item de menu com as estatísticas da requisição, cujo submenu leva a diferentes seções da inspeção por ele realizada.

Plugin WordPress Query Monitor

Ao abrir os resultados capturados pelo plugin você pode ver além de todas as consultas SQL executadas, quais foram as funções ou métodos que as executaram e se foram disparadas pelo WordPress, Tema ou Plugins. No caso dos plugins deixa explícito qual o plugin que executou as rotinas.

Uma excelente funcionalidade que o plugin possui é de exibir quais foram os Hooks acionados e a ordem de ação de cada um. Além dessas preciosas informações citadas você ainda pode visualizar os Scripts e Estilos utilizados, Queries duplicadas, Conditional Tags setadas como verdadeiras e muitas outras informações de execução do WordPress.